Desfrutando O Descanso

Às vezes a vida toma um rumo muito corrido. Parece que nossos dias estão no automático, e a lista de tarefas e afazeres parece ser infinita. Se você é casada e tem filhos essa lista de afazeres parece astronômica. Do momento que você abre os seus olhos pela manhã até a hora que você finalmente deita na cama para dormir, o mundo parece estar girando a mil por hora. As festas de final de ano e as férias escolares transforma a vida corrida em algo ainda mais intenso. Ninguém tem tempo pra nada! Casa pra arrumar, roupas pra lavar,  compras para fazer, presentes para comprar, receitas a preparar, festas para ir, visitas para receber. O corre-corre fica cada dia mais intenso até que a nossa alma e corpo clama por um descanso. A exaustão física chega no seu clímax com a chegada do final do ano. 

 No meio da correria você às vezes houve um sussurro,uma voz suave te convidando a parar tudo, nem que seja por alguns minutos. Quando você dá ouvido a esta doce voz, e para a ouvir o que Ele tem a dizer a você, o alívio e o descanso parece ser imediato. Mas poucos são os que tiram proveito deste “oásis” em meio ao deserto da vida. A maioria estão tão envolvidos com tantas coisas que a voz doce do Senhor fica totalmente camuflada pelo barulho e constantes distrações do dia a dia. Com isso, nossa corpo, espírito e alma vão sofrendo as consequências de uma vida vivida aceleradamente. 

O fato é que nós precisamos de descanso. Deus não nos criou para vivermos sempre correndo. Desde o princípio Ele nos ensinou este princípio nos dando o exemplo: 

“Assim, os céus, e a terra, e todo o seu exército foram acabados. E havendo Deus acabado no dia sétimo a sua obra, que tinha feito, descansou no sétimo dia de toda a sua obra, que tinha feito. E abençoou Deus o dia sétimo e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra, que Deus criara e fizera.”Gênesis 2:1-3  

 De acordo com a Wikipédia, Shabat (também grafado como sabá) é o nome dado ao dia de descanso semanal no judaísmo, simbolizando o sétimo dia em Gênesis, após os seis dias de Criação. A palavra hebraica שבת, shabāt, tem relação com o o verbo שבת, shavāt, que significa “cessar”, “parar”. Apesar de ser vista quase universalmente como “descanso” ou um “período de descanso”, uma tradução mais literal seria “cessação”, com a implicação de “parar o trabalho”. Portanto, Shabat é o dia de cessação do trabalho; enquanto que descanso é implícito, mas não é uma denotação da palavra em si.

Deus não somente cessou a sua obra no sétimo dia, como o abençoou e santificou. O que entendemos aqui é que Deus quer que tiremos tempo para parar todos os nossos afazeres e nos dedicarmos a Ele, pois o Senhor é o descanso para nossas almas cansadas. 

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almasPorque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.” Mateus 11:28-30

Quando lemos Hebreus 4 podemos ter um entendimento correto de qual é o descanso que Deus está nos oferecendo. Deus é o nosso descanso! As obras incansáveis do dia a dia não traz benefício algum para nossa alma. Não há nada que possamos fazer que venha nos trazer ou que venha nos fazer merecedores ou dignos de recebermos o descanso que nossa alma tanto precisa. 

“Portanto, tendo-nos sido deixada a promessa de entrarmos no seu descanso, temamos não haja algum de vós que pareça ter falhado. Porque também a nós foram pregadas as boas novas, assim como a eles; mas a palavra da pregação nada lhes aproveitou, porquanto não chegou a ser unida com a fé, naqueles que a ouviram. Porque nós, os que temos crido, é que entramos no descanso”  Hebreus 4:1-3

Aceitar o descanso que Deus nos oferece é escolher viver em Cristo e desfrutar de tudo aquilo que Ele conquistou na Cruz do Calvário por nós. É como este hino diz: 

“Tudo que Jesus conquistou na Cruz, é direito nosso, é nossa herança. Todas as bençãos de Deus pra nós, tomamos posse, é nossa herança. Toda vida, todo poder, tudo o que Deus tem para dar, abrimos nossas vidas para receber. Nada mais nos resistirá!”

Você já parou para avaliar o valor que você da as coisas e afazeres que ocupam o seu tempo? Para que você corre tanto e o que você está tentando alcançar? Se você avaliar suas metas e conquistas com a mente de Cristo, ou baseado na Palavra de Deus, você poderá dar as suas conquistas a mesma importância ou valor? Nada tem mais valor para Deus do que a sua alma! Jesus pagou um alto preço para que você é eu possamos desfrutar da sua presença a cada dia, para que entremos e tomemos posse do descanso que só Ele pode dar. 

“Pois, que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Ou, o que o homem poderia dar em troca de sua alma?” Marcos 8:36,37

Não basta estarmos cientes do descanso que podemos ter em Cristo. Temos que fazer uma decisão consciente a cada dia de desfrutar da presença de Cristo e vivermos nEle. E quando fazemos isso esperimentamos algo maravilhoso e incomparável. 

Nada se compara a presença de Deus! É algo que supera tudo que este mundo pode nos oferecer.  

Isso me faz lembrar das irmãs Maria e Marta. A Bíblia nos diz que Jesus veio a sua casa e todas as duas tiveram a mesma oportunidade: se assentar aos pés do Mestre Jesus e desfrutar da sua presença. Mas veja o que nos diz a Palavra:

E aconteceu que, indo eles de caminho, entrou numa aldeia; e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa. E tinha esta uma irmã, chamada Maria, a qual, assentando-se também aos pés de Jesus, ouvia a sua palavra. Marta, porém, andava distraída em muitos serviços e, aproximando-se, disse: Senhor, não te importas que minha irmã me deixe servir só? Dize-lhe, pois, que me ajude. E, respondendo Jesus, disse-lhe: Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária; e Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada.” Lucas 10:38-42 

Veja que o texto nos descreve a atitude das duas irmãs: Maria simplesmente aproveita a oportunidade de ter o Mestre Jesus em sua casa e se assenta aos seus pés procurando aprender dele. Marta estava distraída, ansiosa, e afadigada com muitas coisas. 

Qual dessas duas atitudes você está tendo hoje? Você está escolhendo desfrutar do descanso da presença do Senhor, ou você está afadigada, ansiosa e distraída com os muitos afazeres da vida? 

Note o que Jesus disse a Marta: “Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária; e Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada.” 

Tem um hino que eu amo e que o Senhor constantemente traz a minha memória. A sua mensagem é tão verdadeira hoje como foi no dia em que foi escrita em 1904 por Civilla Durfee Martin (para maior informações acesse o website http://musicaeadoracao.com.br/35778/historias-de-hinos-do-hinario-adventista-373/

Aflito e triste coração, Deus cuidará de ti; Por ti opera a su a Mão, Que cuidará de ti. 

(CORO) Deus cuidará de ti, Em cada dia proverá; Sim, cuidará de ti, Deus cuidará de ti.

Na dor cruel, na provação, Deus cuidará de ti; Socorro dá e salvação, Pois cuidará de ti.

A tua fé Deus quer provar, Mas cuidará de ti; O teu amor quer aumentar, E cuidará de ti.

Nos seus tesouros tudo tens, Deus cuidará de ti; Terrestres e celestes bens, E cuidará de ti.

O que é mister te pode dar, Quem cuidará de ti; Nos braços seus te sustentar, Pois cuidará de ti. 

Deus cuidará de ti, Em cada dia proverá, Sim cuidará de ti, Deus cuidará de ti. 

Que Deus abençoe a sua vida, 

Aquila 

Advertisements

3 thoughts on “Desfrutando O Descanso

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s